Ultimo aggiornamento: 6/01/17
 

Olá

 
Coro Valle dei Laghi

O Coro "Valle dei Laghi" (Vale dos Lagos) foi fundado em 1972. Durante seus 45 anos de história, o grupo foi capaz de renovar-se conduzindo mudanças introduzindo ao seu repertório novas músicas e novas harmonias. A sede do Coro é em Padergnone (Trento-TN – Itália), centro geográfico e cultural do Vale dos Lagos, que sempre reúne antigas e novas vozes de todos as pequenas cidades do Vale. Sempre encontrando na amizade o objetivo continuo di melhoria. Além de um grupo de entusiastas pelo Coro, o grupo também se torna uma oportunidade para reunir-se e superar preconceitos e rivalidades típicas das pequenas regiões. A principal prerrogativa do Coro Vale dos Lagos é ser capaz de adaptar as vozes e interpretar fielmente o texto e a harmonia das canções, podendo ser de qualquer gênero ou cultura. O autor desta consolidada realidade é o Maestro Paolo Chiusole que com muita paciência e perseverança ao longo dos anos, soube modelar de uma forma constante e com minuciosa atenção as distintas locuções e a emissão da voz de cada elemento do Coro, conseguindo aproveitar plenamente o potencial de cada um. O Coro Vale dos Lagos está constantemente à procura de canções originais, românticas e brilhantes, harmonizadas de uma maneira inovadora, ou com acordes totalmente incomuns para os coros de vozes. Entre os autores preferidos são mencionados Riccardo Giavina, Marco Maiero, Mauro Zuccante, com os quais continua a existir uma intensa colaboração. Em 2001, em colaboração com os coros S. Ilario e Croz Corona, foi gravado um CD de músicas alpinas, reunidas por Fausto Fulgoni e harmonizados pelo prof. Riccardo Giavina, intitulado "Alpini Italiani Alpini nel Mondo" (Alpinos Italianos Alpinos no Mundo). Em 2002, o Coro do Vale dos Lagos, juntamente com o coro S. Ilario de Rovereto e com as orquestras filarmônicas de Bolonha e Parma, realizou e gravou o CD "Messa delle Dolomiti" (Missa das Dolomitas), um trabalho escrito e dirigido pelo Maestro Giovanni Veneri sobre a ocasião do ano internacional da montanha. Para o Coro este projeto ambicioso significou uma grande gratificação, recompensa de um constante empenho e paixão, difuso em anos de experiência do Coro. Inesquecível foi o ano de 2005, que fomos protagonistas de uma das mais belas vozes da musica ANTONELLA RUGGIERO. Emocionante também foram os concertos de Malga Fratte no monte Lessini com uma platéia de quase 5000 pessoas no STREHLER de Milão, Roma e no Mart em Rovereto. E em 2007, FESTIVAL DE SANREMO!!! Uma emoção indescritível ... Um melhor presente de aniversário não poderíamos ter... 45 anos que parecem começar somente agora...